Transparência fortalece administração pública. Nesta quarta-feira (11/09), a chefe do Controle Interno do IAPSS, Angélica Wermellinger, participou no Rio de Janeiro do evento

“Todos pela Transparência”, promovido pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Cidadania (CAO Cidadania/MPRJ).

Realizado no auditório do edifício-sede do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), o encontro promoveu palestras apresentadas por representantes de diferentes instâncias de controle, com o objetivo de fomentar a transparência e fortalecer a administração pública. Na plateia estavam prefeitos, secretários, auditores e servidores públicos municipais e estaduais.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, destacou que a aproximação e o intercâmbio de informações entre os órgãos é primordial para reverter o quadro de degradação dos municípios e do Estado. “Não há nada melhor do que esse ambiente colaborativo aqui, participativo, em que a gente busca o bem comum. Não estamos aqui para apontar o dedo, agir repressivamente, em uma atuação encarceradora. O que queremos é orientar da melhor forma aqueles que têm a legitimidade de um mandato popular. Então contem com o Ministério Público, com a nossa Rede de Controle, com a Controladoria Geral da União (CGU), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), todos esses que, irmanados, têm buscado reunir elementos para que a gente possa aproximar mais a sociedade das nossas instituições e humanizar mais a nossa atuação”, disse Gussem.

A coordenadora do CAO Cidadania/MPRJ, Marcela do Amaral, comentou que o propósito do evento é colocar os órgãos de controle do Estado em uma posição que não seja adversa à dos municípios. “A transparência é o melhor mecanismo de combate à corrupção, que é algo que prospera no escuro, no segredo. O objetivo é fomentar a transparência e fortalecer a própria administração para que ela tenha a capacidade de auto diagnóstico, autocuidado, para evitar que esses atos de corrupção que a gente viveu nos últimos anos se repitam”, comentou Marcela.

A presidente do TCE-RJ, Marianna Montebello, ressaltou que a abertura de dados e a edificação do controle interno dos municípios contribui enormemente para uma administração íntegra e eficiente. “A facilidade de acesso a dados do município facilita em muito a atuação dos órgãos de controle. E demonstra aptidão do gestor público com o controle da sua atuação, além de uma atuação aberta, transparente com os cidadãos”, disse Marianna.

Durante o evento foi divulgado o protocolo de atuação conjunta da CGU, TCE e MPRJ, cabendo ao primeiro capacitar o gestor, ao TCE realizar auditorias, bem como considerar os índices de transparência nas contas de governo e gestão, ao MPRJ atuar na seara extrajudicial de modo a fomentar as ações de transparência no Estado.

Com informações Ascom MPRJ
Foto: Arquivo IAPSS

Fale Conosco

Rua XV de Novembro, 40 - Centro Sapucaia / RJ - (24) 2271-1452 Atendimento de 09:30 às 16:00

MAPA DE LOCALIZAÇÃO

  

Não encontrou o que queria? Faça uma busca